Prêmio ArcelorMittal de Meio Ambiente

 

O Prêmio ArcelorMittal de Meio Ambiente tem como objetivo promover a conscientização ambiental, de forma a contribuir para que as novas gerações atinjam sua maturidade melhor preparadas para preservar e valorizar o meio ambiente.

Realizado desde 1992, o Prêmio passou por uma mudança em 2016 que aposta no conhecimento científico como instrumento de promoção da educação ambiental e na formação de cidadãos mais críticos, questionadores e aptos a buscar respostas e soluções. Os participantes são divididos nas categorias Cientista Mirim, que envolve turmas do 1º ao 5º ano, e Cientista Jovem, do 6º ao 9º ano. 

O Prêmio está alinhado às competências 1, 2, 4, 7 e 9 da Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Essa estratégia atende às necessidades da comunidade escolar e contribui para um futuro melhor da educação.

Outro alinhamento importante do Prêmio é com os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável — parte da Agenda 2030, compromisso mundial firmado pelos Estados-membros da ONU.

 

2021: desafios e oportunidades

Em 2021, o Prêmio ArcelorMittal de Meio Ambiente foi totalmente adaptado para o ambiente virtual, atendendo ao cenário de educação remota ou híbrida, resultante das restrições impostas pela pandemia da COVID-19.

O objetivo principal é garantir a viabilidade do Prêmio — continuando a instigar as mentes juvenis e a comunidade escolar em relação a questões ambientais —, apesar do contexto de incerteza que tem gerado variações no formato das aulas — ora presenciais, ora remotas, ora híbridas.

A atualização do formato também veio ao encontro da tendência 4.0 da Fundação ArcelorMittal de trazer seus projetos para o ambiente da Internet e, assim, ampliar sua abrangência e o acesso aos seus programas.

 

Clique aqui para saber mais sobre o Prêmio ArcelorMittal de Meio Ambiente, sua história, números e temas já desenvolvidos.