A relação do lixo com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável

 

Em 2015, a ONU propôs aos seus países membros uma nova agenda de desenvolvimento sustentável para os próximos 15 anos, a Agenda 2030, composta por 17 objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) e 169 metas. É um esforço conjunto de governos, empresas, instituições e sociedade civil, visando melhorar a vida das pessoas, preservar o planeta, fortalecer a paz mundial, bem como enfrentar outros grandes desafios de nossos tempos. E um desses desafios é a gestão do lixo.

O volume de resíduos gerados a cada ano no mundo cresce assustadoramente e causa muita preocupação. Como é um tema multidimensional, a questão do lixo está presente, em diferentes níveis, em vários dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.

Veja a seguir os ODS e as metas que fazem interface com o tema.

 

ODS 3 – Saúde e bem-estar

  • Até 2030, reduzir substancialmente o número de mortes e doenças por produtos químicos perigosos e por contaminação e poluição do ar, da água e do solo.

 

  ODS 4 – Educação de qualidade

  • Até 2030, garantir que todos os alunos adquiram conhecimentos e habilidades necessárias para promover o desenvolvimento sustentável, inclusive, entre outros, por meio da educação para o desenvolvimento sustentável e estilos de vida sustentáveis, direitos humanos, igualdade de gênero, promoção de uma cultura de paz e não-violência, cidadania global, e valorização da diversidade cultural e da contribuição da cultura para o desenvolvimento sustentável.

 

  ODS 6 – Água potável e saneamento

  • Apoiar e fortalecer a participação das comunidades locais, para melhorar a gestão da água e do saneamento.
  • Até 2030, ampliar a cooperação internacional e o apoio ao desenvolvimento de capacidades para os países em desenvolvimento em atividades e programas relacionados à água e ao saneamento, incluindo a coleta de água, a dessalinização, a eficiência no uso da água, o tratamento de efluentes, a reciclagem e as tecnologias de reuso.
  • Até 2020, proteger e restaurar ecossistemas relacionados com a água, incluindo montanhas, florestas, zonas úmidas, rios, aquíferos e lagos.
  • Até 2030, melhorar a qualidade da água, reduzindo a poluição, eliminando despejo e minimizando a liberação de produtos químicos e materiais perigosos, reduzindo à metade a proporção de águas residuais não tratadas, e aumentando substancialmente a reciclagem e reutilização segura globalmente.

 

  ODS 8 – Trabalho decente e crescimento econômico

  • Melhorar progressivamente, até 2030, a eficiência dos recursos globais no consumo e na produção, e empenhar-se para dissociar o crescimento econômico da degradação ambiental, de acordo com o “Plano Decenal de Programas Sobre Produção e Consumo Sustentáveis”, com os países desenvolvidos assumindo a liderança.

 

  ODS 11 – Cidades e comunidades sustentáveis

  • Até 2030, reduzir o impacto ambiental negativo per capita das cidades, inclusive prestando especial atenção à qualidade do ar, gestão de resíduos municipais e outros.

 

  ODS 12 – Consumo e produção responsáveis

  • Até 2030, reduzir substancialmente a geração de resíduos por meio da prevenção, redução, reciclagem e reuso.
  • Até 2020, alcançar o manejo ambientalmente adequado dos produtos químicos e de todos os resíduos, ao longo de todo o ciclo de vida destes, de acordo com os marcos internacionalmente acordados, e reduzir significativamente a liberação destes para o ar, água e solo, para minimizar seus impactos negativos sobre a saúde humana e o meio ambiente.
  • Até 2030, reduzir pela metade o desperdício de alimentos per capita mundial, em nível de varejo e do consumidor, e reduzir as perdas de alimentos ao longo das cadeias de produção e abastecimento, incluindo as perdas pós-colheita.

 

  ODS 14 – Vida na água

  • Até 2025, prevenir e reduzir significativamente a poluição marinha de todos os tipos, especialmente a advinda de atividades terrestres, incluindo detritos marinhos e a poluição por nutrientes.

 

 

Para saber mais

  • Acesse a Plataforma Agenda 2030 e conheça em detalhes todos os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável e suas 169 metas: http://www.agenda2030.org.br

 

 

Para refletir

  • Regiões de extrema pobreza possuem dificuldades na coleta e disposição adequada do lixo; a presença de lixões é comum, afetando a saúde das pessoas e o meio ambiente. Em países onde existem bolsões de pobreza, como o Brasil, muitas famílias vivem do lixo, tanto para se alimentar quanto para gerar renda. Levando isso em consideração, é possível ver uma interface do ODS 1 – Erradicação da Pobreza com a questão do lixo?

 

 


FONTES

www.agenda2030.org.br