O desafio do lixo: como podemos ser mais sustentáveis?

 

O Prêmio ArcelorMittal de Meio Ambiente 2021 convida-nos a refletir sobre um dos maiores problemas ambientais da nossa sociedade: o LIXO. E um problema que não para de crescer porque acompanha o modelo de desenvolvimento que vivemos. 

À medida que evoluímos de uma sociedade pré-industrial para tempos superindustrializados e tecnológicos, com o crescimento acelerado da população, das cidades e do consumo, nosso lixo também mudou. E muito.

O que um dia foi, em sua maioria, lixo orgânico (facilmente reintegrável ao meio ambiente) transformou-se, a partir das revoluções industriais e, com força total, a partir da segunda metade do século XX, em um caos material que não se insere no ciclo harmônico da natureza e gera problemas na terra, na água e no ar. 

 

Problema de todos

A questão do lixo permeia muitas dimensões. Geração e gestão de resíduos têm a ver com condições socioeconômicas, com saneamento básico, com saúde, com educação e comportamento cidadão, com responsabilidade empresarial, com política pública.

Ao trazer o tema LIXO, o Prêmio ArcelorMittal de Meio Ambiente 2021 quer inspirar os jovens a entender a amplitude da questão e instigá-los a buscar soluções inovadoras para esse desafio — com o olhar da ciência e do fazer científico para mudar a realidade local e ser exemplo para o mundo.

O que precisamos aprender sobre geração e destinação correta de lixo? O que está ao alcance de cada um? O que precisamos fazer coletivamente? Como podemos ser mais sustentáveis?

O desafio do lixo: como podemos ser mais sustentáveis?

 

O Prêmio ArcelorMittal de Meio Ambiente 2021 convida-nos a refletir sobre um dos maiores problemas ambientais da nossa sociedade: o LIXO. E um problema que não para de crescer porque acompanha o modelo de desenvolvimento que vivemos. 

À medida que evoluímos de uma sociedade pré-industrial para tempos superindustrializados e tecnológicos, com o crescimento acelerado da população, das cidades e do consumo, nosso lixo também mudou. E muito.

O que um dia foi, em sua maioria, lixo orgânico (facilmente reintegrável ao meio ambiente) transformou-se, a partir das revoluções industriais e, com força total, a partir da segunda metade do século XX, em um caos material que não se insere no ciclo harmônico da natureza e gera problemas na terra, na água e no ar. 

 

Problema de todos

A questão do lixo permeia muitas dimensões. Geração e gestão de resíduos têm a ver com condições socioeconômicas, com saneamento básico, com saúde, com educação e comportamento cidadão, com responsabilidade empresarial, com política pública.

Ao trazer o tema LIXO, o Prêmio ArcelorMittal de Meio Ambiente 2021 quer inspirar os jovens a entender a amplitude da questão e instigá-los a buscar soluções inovadoras para esse desafio — com o olhar da ciência e do fazer científico para mudar a realidade local e ser exemplo para o mundo.

O que precisamos aprender sobre geração e destinação correta de lixo? O que está ao alcance de cada um? O que precisamos fazer coletivamente? Como podemos ser mais sustentáveis?